Adorável Cinema: Sideways – Entre umas e outras, de Alexander Payne

Por Alessandra Verch.

Uma direção sem erros e um roteiro que combina road movie por belíssimas paisagens com vinhos, uvas e mais vinhos que são apreciados pelos protagonistas adoravelmente antagônicos da trama, impossível essa combinação de elementos não se transformar em um adorável cinema. Sideways – entre umas e outras é esse filme.Sideways-movie-posterDirigido pelo já especialista em filmes adoráveis Alexander Payne (Os descendentes e As confissões de Schmidt), em Sideways vemos o professor divorciado e especialista em vinhos, Miles, maravilhosamente interpretado por Paul Giamatti (Anti-herói americano e Tudo pelo poder) e o canastrão Jack, interpretado por Thomas Haden Church (Compramos um Zoológico e Maluca Paixão) em uma viagem pelo Vale de Santa Ynez, região da Califórnia conhecida pela produção de bons vinhos. A viagem é a despedida de solteiro de Jack, que quer curtir com algumas mulheres, mas para Miles é uma oportunidade para apresentar ao amigo os melhores (e piores) vinhos produzidos no país.

Miles é um depressivo professor de colegial, frustrado pelas várias tentativas fracassadas de publicar seus livros e, para piorar, tem problemas sérios para se relacionar com mulheres. Miles ainda não aceitou o fracasso de seu último casamento, apenas mais um fracasso na sua triste vida. Sua válvula de escape é a paixão por vinhos, a única paixão que deu certo. O escritor frustrado é um exímio apreciador de vinhos. Já Jack é o seu oposto. Um ator de novelas canastrão que às vésperas de seu casamento só quer saber de transar com o maior número possível de mulheres. Não se aprisiona a nada, é destemido, na realidade o típico homem de meia-idade infantil e que não aceita não ter mais 20 e poucos anos. Um tipo boa-vida muito engraçado que só quer curtir.sideways-05Entre adoráveis e maravilhosas lições sobre vinhos, vemos o relacionamento conflituoso e bem resolvido entre os dois. Jack sempre deixa seu amigo na mão, mas Miles se vira bem com a companhia de um bom vinho. Quando ambos chegam a Solvang, mais uma cidade da rota vinícola traçada cuidadosamente por Miles, Jack consegue convencê-lo a relaxar, deixando um pouco a apreciação de vinhos de lado para “curtir” com duas mulheres, a garçonete Maya (Virginia Madsen, de Número 23) e a balconista Stephanie (Sandra Oh, a Dr. Yang de Grey’s Anatomy). Antes de entrar a contra gosto no restaurante, Miles alerta seriamente seu amigo: “se alguém pedir Merlot, vou embora. Não vou me juntar ao lado negro”. Uma piada que faz qualquer meio entendedor de vinhos dar gargalhadas (dizem que amantes de Merlot já criaram centenas de blogs para desmentir essa piadinha).SidewaysEsse é o tom do filme, entre piadas sutis e dramas singelos vemos os personagens serem saborosamente desnudados. Miles e Jack acabam por confrontar-se, explorando as origens de suas derrotas e de suas fraquezas.

Para quem é também apreciador de vinho, uma cena é emblemática, a bela cena em que Miles explica a Maya a sua paixão pelo Pinot Noir. Conferindo características humanas à uva, Miles disserta sobre as diferenças entre a Cabernet e a Pinot. Uma delícia!

Alexander Payne vem se consagrando por sua sutileza e delicadeza, tanto na direção, quanto na construção de seus roteiros. Optando por representar o cotidiano em suas minúcias e trivialidades, Payne foge de roteiros “modernos” que exigem o uso exacerbado de tecnologias. Talvez seja por isso que o diretor é acusado pelo crítico Ruy Gardnier de usar de forma medíocre a linguagem cinematográfica, privilegiando a história, ou o mundo, a ser narrado e colocando a linguagem do cinema mais como um “veículo de uma história do que como algo pensado e construído para um fim específico e próprio”.

No entanto, é possível ver o trabalho do diretor e roteirista transitar bem entre escolhas pouco arriscadas, mas elegantes, utilizando muito bem, sim, o cinema como “veículo de uma história”, nas palavras de Gardnier. Seus temas giram em torno das maravilhosas e (quase) universais situações cotidianas: uma viagem, um divórcio, uma perda, a amizade, os relacionamentos amorosos, etc. O olhar de Payne parece ser sereno e limpo de juízos de valores, até mesmo quando seus personagens são questionáveis (como o adúltero Jack). Payne parece mais interessado em mostrar com alguma sátira o que eles tem de humanos, do que propor questionamentos filosóficos sobre seus erráticos comportamentos.

Sideways – entre umas e outras parte de um entendimento básico: todos somos falhos, uns mais, outros menos. Então o que fazer? Apreciar um bom vinho e curtir, as coisas vão se resolver. Simples e adorável.

O filme é de 2004 e entre os prêmios faturados estão o Oscar e o Bafta de roteiro adaptado e o Globo de ouro de melhor filme e de melhor roteiro. As indicações foram várias, mas entre as falhas inexplicáveis está a não indicação de Paul Giamatti ao Oscar de melhor ator, em 2005.

Vale lembrar ainda que o roteiro é mais uma parceria entre Payne e Jim Taylor (os dois sempre escrevem juntos), baseado na novela de Rex Pickett.

Algumas curiosidades:

George Clooney queria o papel de Jack, mas Payne negou por achar Clooney famoso demais. Anos mais tarde eles viriam a trabalhar juntos no adorável filme Os descendentes.

A maior parte dos vinhos que os atores degustaram em Sideways era uma bebida não-alcoólica. No entanto, eles consumiram tanto esse “líquido” que precisaram, algumas vezes, beber um pouco de vinho verdadeiro para evitar enjoos.

O diretor Alexander Payne e a atriz Sandra Oh, a balconista Stephanie, foram casados de 2003 a 2006.

Anúncios

2 opiniões sobre “Adorável Cinema: Sideways – Entre umas e outras, de Alexander Payne”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s