Reforma política: campanha vai coletar assinaturas da população

Líder do PT critica falta de votação da proposta em análise na Câmara.

SONY DSC

 

Por Agência Câmara de Notícias.

Com a falta de acordo na Câmara para a votação da reforma política, o PT lançou uma campanha para coletar assinaturas a favor de um projeto de iniciativa popular que altere pelo menos três pontos do sistema atual: financiamento público de campanhas, voto em lista preordenada pelos partidos e aumento da participação feminina nas candidaturas.

A reforma política é necessária, o financiamento público é o caminho para moralizarmos e diminuirmos a influência do poder econômico nas eleições”, argumenta líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE).

Também será defendida a convocação de uma assembleia constituinte exclusiva para tratar da reforma. “O cara se elege no sistema atual, por que ele vai mudar se ele se deu bem neste sistema? Então talvez esse seja o caminho: fazer constituinte exclusiva”, explica Guimarães.

A reforma política entrou em pauta na última terça-feira, mas a falta de acordo impediu sua votação. “As pessoas falam aqui dentro, mas na hora do ‘vamos ver’ os votos não aparecem”, critica o parlamentar.

A coleta de assinaturas será feita nas ruas e ocorrerá até fevereiro de 2014.

____

Para entender a proposta de financiamento público em debate clique aqui.

Para entender como funciona a lista preordenada clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s