Adorável cinema: Abc do amor, de Mark Levin

Por Alessandra Verch.

Abc do amor é o típico filme adorável, exatamente aquele filme que ao final dos créditos gera um sorriso e o pensamento “ahh…que filme gostoso”. Para saber mais sobre o Adorável cinema clique aqui.

little manhattan01

O filme explora o primeiro amor do garoto Gabe (Josh Hutcherson) a partir de seu próprio olhar. Gabe narra suas desventuras e aprendizados com toda a sinceridade (e sabedoria) que um garoto de 10 anos pode ter.

Little Manhattan, título original do filme, é de 2005 e foi dirigido por Mark Levin. A direção consegue, além de extrair atuações comoventes das crianças, explorar de forma criativa e engraçada um roteiro cheio de intervenções oníricas, subjetivas e de projeções de pensamentos.

Gabe vê sua vida mudar bruscamente devido a uma paixão fulminante que desenvolve por sua colega, Rosemary (Charlie Ray). O amor o corrói, o faz vomitar, o angustia, o entristece e o faz feliz. Paralelamente a isso, seus pais estão se divorciando, mas continuam morando juntos até o acerto de toda a papelada. Gabe diante das incertezas de seu relacionamento pergunta ao seu pai: “por que todo o amor acaba?”.

03-josh-hutcherson-little-manhattan

Os papéis são invertidos, Gabe é quem ensina sobre sentimentos tão complexos quanto o amor aos seus pais. Sua pouca idade é proporcional ao seu orgulho, Gabe se arrisca sem medo de errar. O garoto quer usufruir desse sentimento que propiciou diversos momentos de extrema felicidade. Gabe luta por sua paixão infantil e seus pais acabam por repensar seus posicionamentos. O garoto, com sua pouca vivência, consegue fazer com que seus pais reflitam sobre o amor e o casamento, interferindo, positivamente, no relacionamento de ambos.

A conclusão do garoto Gabe é singela, emocional e aguardada (“um mimo para o público”, como disse Sérigio Alpendre, na revista de cinema Contracampo), “o amor é uma coisa feia, terrível, reservada só para os tolos. Pisoteiam o teu coração e te deixam sangrando no chão. E o que ganha no final das contas? Apenas algumas poucas e incríveis lembranças, que nunca te deixarão”. Vemos, então, alguns dos momentos mais bonitos, engraçados e (deliciosamente) constrangedores de Gabe e Rosemary, e do filme também.

Pelo título e pela sinopse pensamos ser um filme direcionado para o público infantil, mas ao assistirmos percebemos o engano. Abc do amor é um filme “facinho” de ser apreciado por distintas faixas etárias.

Sergio Alpendre definiu Abc do amor como um Woody Allen juvenil, que “nos toca naquela região saudosista que sempre acarreta desejos de testar alguma máquina do tempo, como se voltássemos com a experiência de agora para as situações que vivemos no passado”. É um tema comum, mas explorado de forma cativante, que dialoga de forma eficiente com as vontades subjetiva do público adulto.

Little Manhattan

Outro detalhe que não pode escapar na apreciação de Abc do amor é a excepcional trilha sonora. A soundtrack conta com um repertório bem interessante, mesclando desde clássicos do rock’n roll, como Elvis Presley e Etta James, até bandas mais jovens, como Everlast. Atentem para a interessante versão de Matthew Scannell para a música clássica dos Beatles, In my life. Uma maravilha.

Algumas curiosidades sobre Abc do amor:

#O diretor do filme, Mark Levin, e a roterista, Jennifer Flacket, são casados e construíram o roteiro em apenas seis semanas.

#O primeiro beijo de Gabe e Rosemary foi também o primeiro beijo dos, então, atores-mirins Josh Hutcherson e Charlie Ray.

#Charlie Ray cresceu tanto durante as filmagens que Josh Hutcherson teve de fazer algumas cenas sobre uma estrutura de madeira.

Abc do amor é um filme sincero e sem pretensiosimos, quase impossível não se identificar e se comover. Enfim, é uma ótima opção para quem quer curtir um final de semana tranquilo e nostálgico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s