Medida ousada de desarmamento propõe troca de arma por bicicleta ou notebook no Uruguai

armas

Por Camila Konrath

O governo do Uruguai está tomando uma iniciativa radical para acabar com a violência no país: é a campanha “Armas pela vida”, que pretende incentivar o cidadão a trocar armas por bicicletas ou computadores. Devido ao alto índice de homicídios em 2012, o governo de José Mujica quer implementar o plano o mais breve possível.

O projeto já se encontra em processo de elaboração e está sendo desenvolvido pela Unidade de Comunicação do Ministério do Interior, além das parcerias com o Ministério do Turismo e com o Laboratório Tecnológico do Uruguai (LATU). Este último, responsável pelo plano de Ceibal, projeto socioeducativo que conquistou a compra de um computador para cada aluno oriundo de escola pública. O Ministério do Turismo entraria agindo em favor do projeto pela estreita relação com fabricantes e importadores de bicicletas, através do programa Ciclovias e Turismo Doméstico.

Os números de posse de arma são alarmantes, chegando a 500 mil armas ilegais circulando pelo país, sendo, além destas,  450 mil o número de armas registradas. Considerando que a população Uruguaia é de cerca de 3,2 milhões de pessoas, isso significa que, de cada três uruguaios, um está armado.

Assim como no Brasil, a maioria dos homicídios no Uruguai são cometidos por uso de armas de fogo. O número de homicídios deste tipo, que em 2011 havia ficado em 193 mortes, no ano de 2012 aumentou para 267. Além do objetivo de tirar as armas ilegais de circulação, o diretor de comunicação do Ministério de Assuntos Internos do Uruguai, Marcelo Barzelli, explicou os benefícios: “Por isso a campanha “Armas pela vida” propõe uma troca: o cidadão traz uma arma e recebe em troca outra arma para a vida. Uma arma de conhecimento, como o notebook ou outra, para o exercício, para a recreação ou para o trabalho, tal é a bicicleta”.

O objetivo da campanha é contribuir de forma eficiente pra o desarmamento da sociedade uruguaia, para que o diálogo prevaleça como meio de solução de problemas, “o caminho para a convivência mais harmoniosa”, esclarece Barzelli.

Anúncios

Uma opinião sobre “Medida ousada de desarmamento propõe troca de arma por bicicleta ou notebook no Uruguai”

  1. Em retribuição às recentes visitas, dei uma passada e vi essa excelente iniciativa. Mais uma ideia de ponta sendo implantada no Uruguai. Show de Bola ! A bike pela arma. Sensacional. Mais sustentável em uns dez mil aspectos, pelo menos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s