Por que o tigre se chama Richard Parker? Tudo sobre o tigre de “As aventuras de Pi”

Por Alessandra Verch.

Várias pessoas devem ter se perguntado sobre como é possível a construção de um tigre de forma tão verossímil quanto o tigre Richard Parker de As aventuras de Pi, filme dirigido por Ang Lee e indicado ao Oscar em onze categorias (para ler mais clique aqui).

Algumas inclusive acreditaram silenciosamente que o tigre era real. Não? Pois bem, está circulando na internet parte do making off do filme que desvenda a questão para aqueles que anseiam saber mais sobre o perfeccionismo dos efeitos visuais de “As aventuras de Pi”. Na realidade, havia, de fato, um tigre de verdade no set de filmagem e ele foi usado em 14% das cenas do filme (segundo o IMDb), mas serviu principalmente para os estudos de finalização. O tigre teve seus movimentos analisados em minúcia e até mesmo foi estimulado a mover-se dentro de um bote para a posterior reprodução fidedigna de seus movimentos através da construção em 3D.091rs.210CmpMarketingWIREEvidentemente, como lembra Lee, é impossível atuar com um tigre em um bote em alto mar, mas “é preciso aprender a partir do real”. Para isso, foram feitas centenas de horas de gravação com um tigre de verdade que tornaram-se referência na finalização. Curta um trechinho do making off de “As aventuras de Pi” (para ler a crítica do filme clique aqui).

E para aqueles que estão se perguntando o porquê do tigre se chamar Richard Parker, aí vai a resposta:

O nome escolhido por Yann Martel, autor do polêmico livro cujo filme “As aventura de Pi” é baseado (para saber mais ler aqui), faz referência a uma das maiores ironias históricas marítimas. Richard Parker é um dos personagens do clássico livro de Edgar Allan Poe, O relato de Arthur Gordon Pym. Ele é um dos tripulantes sobreviventes da embarcação “Grampus”, que sofre um motim e naufraga em alto-mar. Antes de ver o barco ir à pique, após dias à deriva com outros 3 sobreviventes completamente famintos, Richard Parker sugere que se tire a sorte (ou o azar) para que um possa dar a vida pelos outros. Exatamente, Richard Parker sugere tirar a sorte para ver quem virará alimento. Uma decisão extrema, mas necessária visto que se não se alimentassem imediatamente todos os sobreviventes iriam morrer.

Segue parte d’O relato de Arthur Gordon Pym:

“Passaram-se alguns minutos antes que ele ousasse aproximar-se e durante esse intervalo conservei-me imóvel em minha escuridão. Afinal, quando já não aguentava a tensão desumana dessa espera, senti que um dos palitos fora repentinamente puxado. Chegara-se a uma decisão, mas não sabia se contra ou ao meu favor. Ninguém falava e faltava-me a coragem para examinar a última talisca. Peters tomou-me pela mão e forçou-me a abrir os olhos; a fisionomia de Parker indicou-me, a um golpe d’olhos, que eu estava salvo e que o azar o condenara. Senti-me vacilar e caí sem sentidos ao chão do tombadilho. Recobrei-me do desmaio a tempo de assistir ao desfecho da desdita, com a morte de seu engenheiro original. Sem oferecer resistência alguma, Parker foi esfaqueado às costas por Peters e foi-se de nós sem um suspiro”.

Richard Parker é, então, devorado pelos sobreviventes. O livro foi publicado originalmente em 1837. Ocorre que após quase cinco décadas de sua publicação, em 1884, um crime idêntico chocou a Grã-Bretanha. A embarcação Mignorette naufragou deixando quatro sobreviventes à deriva. Os três mais velhos decidiram, então, matar e comer o mais novo. O nome do infeliz? Richard Parker.

A vida imita a arte e vice e versa.

___________________________

Se você curte a Pitanga e quer contribuir para a manutenção do blog, você pode fazer uma doaçãozinha qualquer para a conta a seguir. Ajuda vai! Vamos manter o blog vivo!

 

Banco do Brasil

AG: 1899-6

Conta: 44.565-7

Alessandra G. Fagundes Verch

(cpf: 011.083.270-10)

 

Anúncios

11 opiniões sobre “Por que o tigre se chama Richard Parker? Tudo sobre o tigre de “As aventuras de Pi””

    1. Oi, Gustavo. Muito obrigado!
      Atualizamos o texto com mais informações e o trecho do livro do Poe (que é excelente) em que ocorre o episódio envolvendo Richard Parker.

      Abraços e parabéns pelo Portallos. Muito legal!

  1. O nome do tigre é richard parker, pq o ator do filme que intrepreta o PI velho, é o mesmo ator que está presente no filme O espetacular Homem Aranha, ele faz o papel do investidor do projeto do Dr Connors, e antes, na historia do filme Homem Aranha, ele trabalhava com o pai do Peter, Richard Parker…foi feita uma mençao no Filme …PI

    1. O Martel (autor da obra original) já declarou a referência ao Poe. O nome do tigre foi dado por ele, e não pelo roteirista do filme que adaptou a sua obra (a escolha dos atores e a construção do roteiro é bem posterior ao livro original)…Essa menção que te referes deve se tratar de um Easter Eggs do roteirista, David Magee. O que provavelmente seja, visto que uma referência ao “O Homem Aranha” é muito mais popular que ao “O Relato de Arthur Gordon Pym”. Um big Easter Eggs, literário e cinematográfico….Uma coisa é fato: o primeiro Richard Parker é do Edgar Allan Poe.

      Abs!
      🙂

  2. Ola,

    Acabei de assistir uma aula no Veduca:

    http://veduca.com.br/play/135

    Educador da Universidade de Harvard relata o fato verídico legal inglês consumado no século XVIII que descreve a mesma história do livro inclusive com o mesmo nome da vítima fatal Richard Parker.

    O curioso é que o romance de Edgar Allan Poe (que muito se assemelha ao fato verídico) ocorre anos depois do caso real.

    Confira:

    Universidade Harvard comentando o processo:

    http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.justiceharvard.org/resources/the-queen-vs-dudley-and-stephens-1884-the-lifeboat-case/&prev=/search%3Fq%3Do%2Bcaso%2Bda%2Brainha%2Bda%2Binglaterra%2Bvs.%2BDudley,%2BStephens%26newwindow%3D1%26rlz%3D1C1PRFC_enBR547BR547%26espv%3D210%26es_sm%3D122

    Até logo.

  3. Eu não sabia, Mas eu já tinha lido o livro de Arthur e quando vi o maravilhoso ” Life of Pi” E vi o personagem ”Richard Parker”(Apesar de ser um tigre) eu logo associei. Ainda mais que eles entram em um naufrágio. Ai foi uma grande surpresa para mim. !

    Mas só que eu não me admira. Já que pensei nisso várias vezes revendo ”Life of Pi.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s