Série de reportagens da EBC é premiada no 29º Prêmio de Direitos Humanos de Jornalismo

Foto: divulgação.
Foto: divulgação.

Por Alessandra Verch.

A série “Operação Condor” da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), transmitida entre os dias 15 e 19 de outubro deste ano, que conta com quatro vídeo-reportagens, foi a vencedora do 29º Prêmio de Direitos Humanos de Jornalismo na categoria “Especial – Verdade”. As reportagens reacendem o debate sobre as ligações da ditadura com a morte de João Goulart (presidente do Brasil entre 1961 e 1964), reunindo documentos oficiais, depoimentos de personalidades públicas, políticos e familiares de desaparecidos políticos, no Brasil e no Conesul.
Produzida por Isabel Mega; reportagem de Ana Graziela Aguiar; edição de imagens de  Fernando Watanabe; direção de fotografia de André Rodrigo; imagens de  Gilvan Alves, Ulov Flamínio e André Rodrigo, e arte de André Gatto e Dinho Rodrigues,  a série “Operação Condor” está disponível completa no site da EBC: http://www.ebc.com.br/cidadania/operacao-condor/2012/10/assista-as-quatro-reportagens-da-serie-operacao-condor
A “Operação Condor” foi uma estratégia violenta de repressão aos movimentos de esquerda que lutavam contra a ditadura. A operação aconteceu com a união de vários regimes militares da América do Sul – Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Uruguai e Paraguai- e foi responsável pelos assassinatos e torturas de diversos militantes políticos, no Conesul.
O Prêmio de Direitos Humanos de Jornalismo é realizado desde 1984 e é promovido pelo Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH) em parceria com a OAB/RS. Segundo o site do MJDH, a premiação “visa prestigiar as matérias jornalísticas mais relevantes em torno da defesa dos direitos fundamentais e da dignidade da pessoa humana. A premiação é anual e destinada a profissionais e acadêmicos de Jornalismo, recebendo inscrições de todo país, e mesmo de países integrantes do MERCOSUL”. O prêmio é tradicionalmente entregue no dia 10 de dezembro, data da promulgação da “Declaração Universal dos Direitos Humanos”, pela ONU.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s